Impressora fiscal: como escolher uma para sua loja

Impressora fiscal: como escolher uma para sua loja

Impressora fiscal: como escolher uma para sua loja

O emissor de cupom fiscal (ECF), também conhecido como impressora fiscal é um equipamento indispensável em um estabelecimento comercial.

Obrigatório em comércios com faturamento anual acima de R$ 120 mil, esse equipamento além de emitir o documento discal, fornece relatórios e é responsável por calcular o impostos que devem ser recolhidos no momento da venda de um produto.

Veja esse artigo sobre a diferença entre nota e cupom fiscal.

O varejista precisar ter muita atenção no momento da escolha da impressora fiscal.

O ECF é diferente de outras impressoras, por sua memória e por ser homologado para a emissão de cupom fiscal.

A memória é responsável por arquivar os dados que não poderão mais ser acessados pelo varejista, mas ficará a disposição do Fisco. Essa memória é inviolável e no momento que atinge o limite, a impressora fiscal deve ser substituída.

Importante deixar claro que esse equipamento jamais deve ser reaproveitado.

Como escolher o modelo?

Antes de escolher o modelo de impressora fiscal, o varejista deve conversar com o responsável pelo software de gestão da loja. A informação de quais impressoras são compatíveis com o software usado na loja é fundamental para evitar compras equivocadas.

É comum no varejo adotar o modelo com tecnologia de impressão por meio de transferência térmica.

O cupom fiscal, nessa tecnologia, é gerado em apenas uma via, os dados da comercialização ficam registrados na memória do equipamento, para que possam ser acessados pelo fisco e transferidos para o software de gestão da loja. As vantagens desse equipamento são: economia de papel, maior velocidade de impressão e simplicidade de conexão com o computador (pode ser feita por cabo USB).

Saber as demandas da sua loja

Saber quais são as necessidades da sua loja é fundamental para escolher a melhor impressora fiscal.

Existem modelos de impressoras fiscais com funcionalidades que jamais serão utilizadas por um determinado tipo de varejo. Portanto para evitar a compra equivocada, é sempre aconselhado conversar com o responsável pelo software de gestão da sua loja e saber exatamente quais as demandas que uma impressora fiscal precisa atender.

Veja alguns detalhes importantes que devem ser observados na hora da escolha da impressora fiscal para sua loja:
  • Compatibilidade com seu software de gestão.
  •  Capacidade de armazenamento da memória da impressora fiscal.
  •  Velocidade de impressão
  • Como a impressora conecta com o computador.
  •  Tamanho e largura da impressora

Escolher a impressora fiscal correta para sua loja pode evitar problemas fiscais, pois esse equipamento está ligado com o recolhimento de impostos. Outro fator importante que deve ser considerado é evitar comprar uma impressora com memória pequena, pois isso implicará em trocas constantes, o que certamente sairá mais caro do que a compra de uma impressora com memória maior.

A emissão de cupons fiscais é obrigatório para todos os varejos, dessa forma evitar problemas com essa operação é também evitar prejuízos e problemas fiscais com a Receita.

Agora você já sabe por onde começar na hora de escolher sua impressora fiscal, não é mesmo?

A fiscalização chegou em sua loja? Saiba o que fazer nesse artigo do InfoVarejo.

 

No Comments

Post A Comment